sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Conselhos para um jovem príncipe - Alexi Lubomirski


Sinopse:"Filho de mãe peruana e pai polonês, Alexi Lubomirski cresceu em Botsuana e na Inglaterra. Aos 11 anos, ficou sabendo de sua herança ancestral e sua linhagem aristocrática polonesa. Descobriu que era um príncipe de verdade.
Mas o que significa ser um príncipe nos dias de hoje?
 Para Alexi, a nobreza é mais que um título: é um estado de espírito, um conjunto de atitudes, um estilo de vida baseado na verdade, na integridade e na generosidade.
 Escrito originalmente como um presente de aniversário para seu primogênito, Conselhos para um jovem príncipe reúne ensinamentos universais e atemporais sobre diversos assuntos, do romance à espiritualidade, passando por boas maneiras e cavalheirismo, amor, equilíbrio e liderança."

Comentando...

 Um livro que todos deveriam ter!
 A primeira página é uma introdução sobre o Príncipe Alexi. Depois, são pensamentos contendo simplicidade e beleza a cada frase. 

 A seguir algumas fotos do livro:

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Livro: Quando o amor bater à sua porta - Samanta Holtz














Sinopse:"Ele tem um passado do qual não se lembra. Ela precisa esquecer o seu. Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso. Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade. O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja. Desconfiada, mas sentindo-se responsável pelo acontecido, Malu decide ajudá-lo e embarca em uma jornada para descobrir quem ele é – o que acaba trazendo à tona muitos fatos sobre si mesma, seus medos e segredos mais bem guardados, além de um passado que preferia esquecer. A bela narrativa e a trama que prende do começo ao fim nos convidam a acompanhar Malu e Luiz nessa busca que se transforma em uma história de amor de tirar o fôlego."

Comentando...

  Tarefa difícil é tentar definir algo quando nos apegamos tanto. E "Quando o amor bater à sua porta" foi o tipo de leitura que chegou devagarinho e em determinado momento me vi lendo avidamente cada palavra ali contida até ficar com aquele ar de satisfação; não por ter lido um bom livro. Mas  ouso dizer:  Um excelente! 

 Narrado em terceira pessoa, o livro instiga do início ao fim. O motivo? Aquela bichinho chamado Curiosidade morde o leitor, na forma de um belo rapaz que perdeu a memória.Então, sempre há os questionamentos: Quem ele é? Qual o passado dele?

 Merece destaque a protagonista Maria Luiza, mais conhecida como Malu. Uma personagem que cresce a cada página. Inicialmente  tem aquele ar de frieza e aos poucos suas camadas vão sendo reveladas mostrando-se uma verdadeira mocinha escondida.

 A protagonista de "Quando o amor bater à sua porta" é uma escritora então é extremamente interessante perceber o quanto da ficção escrita pela personagem entrelaça-se com a sua vida real.

 Samanta definitivamente tem o dom de juntar cada palavrinha, cada detalhe, por mais simples que seja e transformá-las em algo mágico: Rosa, Rocha, Love... São algumas das palavras que posso falar que tornam-se especiais aos olhos do leitor.

 Holtz em sua narração transmite um toque doçura, uma das características que mais admiro na autora.

"[...] Malu observou a fumaça subir e quase pôde ver sua própria história ali, dançando e tomando forma em meio aos desenhos que se formavam no ar: a infância rodeada de livros, as fábulas que o pai lia para ela antes de dormir e os filmes de princesas da infância que nutriam sua imaginação romântica, ainda milagrosamente intacta na fase adulta, mesmo muito depois de perceber que príncipes e finais felizes só existem na ficção.Nunca na vida real" - Página 9

" [...] - Mas, quando se sentam para ver um filme ou abrem um livro para ler, não querem mais daquele sentimento negativo.Querem sonhar, acreditar que a felicidade é possível, mesmo que através de uma história inventada por outra pessoa.Elas passam a acreditar naquilo e, por um instante, tomam o sentimento emprestado, como se fosse delas. É por isso que elas gostam tando dos finais felizes. " -Página 113

"Desse modo, não podia julgar a si mesmo, tampouco ela, pelos universos paralelos que construíam e destruíam continuamente. Cada palavra não dita, cada beijo não dado, cada passo na direção contrária erguia todo um novo e invisível futuro diante dos seus olhos, novamente destruído no instante seguinte à medida que suas atitudes os afastavam e aproximavam em uma valsa sobre a linha do tempo. " - Página 191

"- Você é como a lua; Malu é o lado que brilha e se deixa ser vista poe todos. Já Maria é o lado escondido, mas que guarda mais segredos e belezas que talvez nem a própria lua conheça." - Página 226 

Infelizmente, não posso escrever mais sobre " Quando o amor bater à sua porta" para não revelar detalhes. Contudo, deixo um conselho ao estilo do personagem Sargento Ignácio: Abra sua porta para esse livro.

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Especial: Belgravia - Julian Fellowes















Sinopse:"Uma nova saga histórica, fascinante e irresistível, repleta de segredos e escândalos.
Ambientada nos anos 1840, quando os altos escalões da sociedade londrina começam a conviver com a classe industrial emergente, e com um riquíssimo rol de personagens, a saga de Belgravia tem início na véspera da Batalha de Waterloo, em junho de 1815, no lendário baile oferecido em Bruxelas pela duquesa de Richmond em homenagem ao duque de Wellington.
Pouco antes de uma da manhã, os convidados são surpreendidos pela notícia de que Napoleão invadiu o país. O duque de Wellington precisa partir imediatamente com suas tropas. Muitos morrerão no campo de batalha ainda vestidos com os uniformes de gala.
No baile estão James e Anne Trenchard, um casal que fez fortuna com o comércio. Sua bela filha, Sophia, encanta os olhos de Edmund Bellasis, o herdeiro de uma das famílias mais proeminentes da Bretanha. Um único acontecimento nessa noite afetará drasticamente a vida de todos os envolvidos. Passados vinte e cinco anos, quando as duas famílias estão instaladas no recente bairro de Belgravia, as consequências daquele terrível episódio ainda são marcantes, e ficarão cada vez mais enredadas na intrincada teia de fofocas e intrigas que fervilham no interior das mansões da Belgrave Square.
"


Comentando...

Primeiramente, uma agradecimento a editora Intrínseca que enviou o livro e um mimo lindo: Uma xícara especial.

  Para quem não sabe, essa obra é do autor Julian Fellowes criador do seriado de grande sucesso "Downton Abbey". Inicialmente "Belgravia" foi uma publicação digital por capítulos, homenageando os folhetins.  ( http://www.intrinseca.com.br/belgravia/)

Contudo, todo o material foi reunido presenteando os leitores com um belo livro em formato físico.

 Selecionei três trechos para deixar aquela curiosidade no ar e a vontade de ler:

"Mas a tristeza dele pela despedida o protegeu de seu tom."- Página 31

"[...] A sensação de traição, de injustiça, a fúria contra o fingimento do único homem em quem ela achava que podia confiar, estavam lá para serem claramente lidos nos sensíveis olhos cinzentos dela. " -Página 119

"[...]Claro que, quando a verdade viesse à tona, sua ligação estava fadada a passar por um escrutínio mais pesado, mas no momento tinha chance de vê-lo e falar com ele mais uma vez, pelo menos antes que a tempestade desabasse.Ela não podia resistir." - Página 195

A seguir, uma arte feita especialmente para o livro representando  personagens de Belgravia. Volta e meia é publicado mais artes  no Facebook oficial da obra. Então, fica mais esta dica: (https://www.facebook.com/JulianFellowesBelgravia)

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Livro: Pecados no Inverno - Lisa Kleypas

Sinopse:Uma lista de melhores romances históricos sem Lisa Kleypas não está completa.” – Beverly Jenkins, autora de Forbidden, para o Publisher’s Weekly Do quarteto de amigas, Evangeline Jenner é certamente a mais tímida. E se tornará a mais rica quando receber a herança de seu pai, acamado com tuberculose. Mas Evie não se importa com o dinheiro. Tudo o que deseja é estar ao lado do pai em seus últimos dias. Porém isso só será possível se ela puder escapar da casa dos tios que a criaram. E, para isso, sua única alternativa é casar-se – e rápido. Assim, ela foge no meio da noite para a casa do devasso lorde St. Vincent e lhe propõe casamento em troca de poder cuidar do pai. Para um aristocrata que precisa de dinheiro, essa é uma excelente proposta. Afinal, é difícil conquistar uma moça rica e solteira quando se tem a reputação de Sebastian – trinta segundos a sós com ele arruinariam o bom nome de qualquer donzela. Mas há uma condição na proposta de Evie: uma vez consumado o casamento, eles nunca mais dormirão juntos. Ela não será mais uma mulher descartada por ele com o coração partido. Se Sebastian realmente a deseja em sua cama, terá que se esforçar mais em sua sedução... ou entregar seu coração pela primeira vez na vida. Neste terceiro livro da série “As Quatro Estações do Amor”, Lisa Kleypas nos apresenta o relacionamento de duas pessoas muito diferentes, mas igualmente obstinadas. E dessa relação tão peculiar pode nascer um desejo impossível de conter e um sentimento forte demais para esconder. Quem disse que os cafajestes não podem amar?

Comentando...

 Quando soube quem seria o "mocinho" desse livro fiquei com receio de não gostar, pois no livro anterior temos tal personagem como vilão. A curiosidade bateu e claro tive que ler para tirar minhas próprias conclusões e "Pecados no Inverno" tornou-se meu livro favorito da série "As Quatro Estações do Amor".

 Merece destaque a personagem Evangeline, mas conhecida como Evie que se mostra além de doce, uma pessoa altamente determinada .Finalmente o leitor pode entender melhor o motivo de ela ficar gaga quando está nervosa e os motivos que a levaram buscar ajuda de lorde St. Vicent.

 Falando no personagem ....

" [...] St. Vicent, que era bastante intimador com sua beleza dourada, seus olhos azuis gelados como o inverno e sua boca feita para beijar e mentir. Ele parecia um anjo caído, com toda a beleza masculina perigosa que Lúcifer poderia criar" - Página 15


 St. Vicent é conhecido pela sua má reputação e convencido por sua beleza que o faz viver cercado de mulheres, como se não bastasse ele raptou a amada do melhor amigo pois imaginava que se casando com ela conseguiria dinheiro. Um vilão, certo? Contudo ao longo da leitura de " Pecados no inverno" o personagem muda gradativamente até termos um oposto do que era conhecido.  Acho que essa jornada de mudança do personagem é o grande motivo que faz a leitura ser tão rápida, contendo os toques certos de romance e diálogos espirituosos.

 Se tenho alguma crítica ao livro é que queria saber mais do passado de St. Vicent, ou seja, mais e mais páginas!


   Para finalizar a resenha, que tal uma cena de romance entre os protagonistas?

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Livro: Dama da Meia-Noite - Cassandra Clare















Sinopse: "Em “Dama da Meia-Noite”, Cassandra retoma o universo de fantasia urbana da série Os Instrumentos Mortais, que já ganhou a tela de cinema e agora é série de TV exibida pelo canal Netflix. Cinco anos após os acontecimentos de Cidade do Fogo Celestial, acompanhamos os Caçadores de Sombras do Instituto de Los Angeles enquanto tentam descobrir os responsáveis por uma série de assassinatos que vitimam tanto humanos quanto fadas. Agora Emma Carstairs é uma jovem em busca dos assassinos de seus pais, com a ajuda de seu parabatai, Julian Blackthorn. As crianças cresceram e podem se tornar os melhores Caçadores de sua época."

Comentando...

 Que livro! Que livro! E que livro! Se você conhece o estilo da querida autora Cassandra Clare não vai se decepcionar com "A Dama da Meia-Noite". Uma leitura repleta de cenas de ações, personagens altamente cativantes e o famoso amor impossível.

 Cassie cria personagens encantadores cada um com sua particularidade que deixa o leitor totalmente apegado a cada um. Claro que o grande destaque fica por conta dos protagonistas: Julian e Emma. Julian extremamente doce e responsável; Emma corajosa e determinada.Um casal que faz o leitor suspirar.

 Uma ótima notícia , os personagens dos livros anteriores dão o ar da graça matando um pouquinho da saudade.

A seguir, selecionei três trechos que contêm a narrativa marcante da autora:


"[...]Ele, na praia desenhando o sol se pondo e os surfistas na água. Um desenho solto, mais focado na alegria do movimento do que acertar a figura de fato.Ty também estava ali, brincando: construía uma fileira de perfeitos quadrados de areia molhada, todos exatamente do mesmo tamanho e forma.Julian olhou para o próprio trabalho inexato, e para as fileiras metódicas de Ty e pensou: nós dois vemos o mesmo mundo, mas de um jeito diferente. Ty sente a mesma alegria que eu, a alegria da criação. Sentimos as mesmas coisas, só que as formas dos nossos sentimentos são diferentes." - 
Página 206 

"- Quando você ama alguém, [...] Você  conhece os sonhos da pessoa, porque os pesadelos agridem seu coração, e os sonhos bons também são os seus.E você  não acha a pessoa perfeita, mas conhece os defeitos dela, sua verdade profunda e as sombras de todos os segredos que ela carrega, e esses segredos não te assustam; na verdade, fazem com que você ame ainda mais, porque você não quer perfeição. Você quer a pessoa. Você quer ..." - Página 88

" [...] As escolhas que fazemos também nos fazem." - Página 507

sábado, 30 de julho de 2016

Livro: Para sempre MINHA - Abbi Glines

Sinopse: "Alguns dos jovens de Rosemary Beach consideram Tripp Newark um herói. Há oito anos, ele abandonou uma vida meticulosamente planejada pelos pais para conquistar a independência. Pilotando sua Harley, Tripp desapareceu da cidade para viajar pelo mundo. E essa decisão o fez perder muito mais do que os milhões que herdaria.
Bethy Lowry está vivendo o pior momento de sua vida. Há um ano e meio, Jace, seu namorado, morreu afogado ao salvá-la de uma forte correnteza. Sofrendo um período turbulento e ainda consumida pela culpa, ela vive sua rotina de maneira automática, com a certeza de que nunca mais voltará a amar.
No entanto, sua vida está prestes a mudar. Quando tinha apenas 16 anos, Bethy teve um tórrido romance com Tripp, que é primo de Jace. Esse segredo continuaria enterrado para sempre se não fosse por um detalhe: Tripp Newark está de volta e determinado a reconquistá-la.
Na série Perfeição, você conheceu o anjo da guarda de Della e sentiu a dor da perda de Bethy. Agora, Abbi Glines reúne esse surpreendente casal para mostrar que nunca é tarde demais para reviver uma paixão."

Comentando...


 Finalmente a história de Bethy é contada. Para quem leu os demais livros da série "Rosemary Beach" lembra o quanto a personagem era um contraste de personalidades.


 Inicialmente em "Paixão Sem Limites" temos uma Bethy que não liga para opinião dos outros, sai com um monte de rapazes e não se valoriza. Depois ela começa a mudar e ter um relacionamento sério. E quando o leitor acha que está tudo certo; Bethy muda seu comportamento agindo de maneira estranha, por causa da volta de Tripp .


  Tanto Tripp quanto Bethy guardam dentro de si assuntos mal resolvidos e ao longo da leitura o leitor vai descobrindo tudo.


 "Para sempre MINHA" chama atenção pelas cenas do passado dos personagens o que explica todas as suas ações do presente. E além disso, dá para matar a saudade dos casais dos outros livros que continuam aparecendo, assim pode-se acompanhar como está a vida de cada um.Um livro de conteúdo adulto, com drama e romance. 

Costumo a dizer que essa saga merecia uma adaptação para um seriado na televisão, já que os personagens são tão conectados e pela trama. Acho que seria um sucesso ao estilo "Gossip Girl" e"Beverly Hills, 9210" ou como conhecido aqui no Brasil, "Barrados no Baile".



 Uma leitura rápida e já fico curiosa para os próximos livros da autora.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Livro: Meu Romeu - Leisa Rayven













Sinopse: "Cassie está prestes a realizar o grande sonho: estrelar um espetáculo na Broadway. O que ela não esperava era ter que enfrentar o reencontro com o ex-namorado, que será novamente protagonista ao seu lado, em uma peça cheia de romance e cenas quentes. Trabalhar com Ethan traz o passado à tona, e lembra a Cassie que o que existe entre eles vai muito além de simples química."

Comentando ...


 Um New Adult com recomendação da autora Collen Hoover ? Bom, o resultado não podia ser diferente, aquele livro que faz o leitor ficar curioso para desvendar os problemas do casal. "Meu Romeu" é dividido em partes, no tempo atual em que Cassie é uma atriz consagrada e no passado de seis anos atrás em que Cassie inicia sua faculdade e conhece Ethan.
 Como a maioria dos romances do estilo, Ethan é o famoso "ponto de interrogação" o motivo que faz o leitor querer ler e saber mais do personagem. Confesso que quando soube do problema dele não foi algo surpreendente; mas esse fato não deixou a leitura menos interessante de forma alguma.

 Uma característica em destaque é o fato da autora inserir na protagonista de forma bem clara as suas imperfeições. No caso de Cassie, seu defeito é sempre querer agradar a todos:


"  [...] Talvez alguém aqui vá ver além dos meus muitos rostos falsos - Página 42

A narrativa é bem informal e Rayven ao expressar todos os pensamentos de sua protagonista consegue inserir um bom toque de humor fazendo a leitura fluir.



Para quem adora um New Adult, com certeza essa é uma boa indicação de leitura.


Obs.: O final vai te deixar louca pelo próximo volume.

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Livro: A Caminho Do Altar

Sinopse:"Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece. O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la. Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele? A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la."

Comentando...

Chega o último volume da série "Os Bridgertons" com a história de Gregory e o que posso garantir nesse livro é que certamente os leitores vão ficar bem chateadas com ele e depois amá-lo.

Nosso herói e nossa heroína - termo carinhoso a qual Quinn utiliza para mencionar seus protagonistas- vão passar por diversas situações até descobrirem que estão perdidamente apaixonados um pelo outro. E nesse meio tempo haverá sentimentos como angustia por Gregory não notar Lucy, suspiros quando finalmente a nota ...

"Eram as palavras mais dolorosas, magníficas, terríveis e maravilhosas que ele poderia ter dito.Ela queria chorar ... de felicidade e de tristeza." - Página 246

 Há um crescimento ao longo da leitura da personagem Lucy:

" Ela.Lucy.Dessa vez, tratava-se dela.Ela mesma estava no centro do seu mundo. Era a vida, acontecendo com ela. " - Página 148

 Uma leitura que você lê diversas páginas e nem sente de tantos acontecimentos. Cada vez você quer ler mais e mais. E ao chegar ao final, imagina o resultado? Se você responder "Querer ler mais". Bom, isso significa que você está absolutamente certo.

A seguir, um presentinho para os leitores: Gregory sendo Gregory.

domingo, 19 de junho de 2016

Livro: Romance com o Duque - Tessa Dare

Sinopse: Izzy sempre sonhou em viver um conto de fadas. Mas, por ora, ela teria que se contentar com aquela história dramática.”
A doce Isolde Ophelia Goodnight, filha de um escritor famoso, cresceu cercada por contos de fadas e histórias com finais felizes. Ela acreditava em destino, em sonhos e, principalmente, no amor verdadeiro. Amor como o de Cressida e Ulric, personagens principais do romance de seu pai.
Romântica, ela aguardava ansiosamente pelo clímax de sua vida, quando o seu herói apareceria para salvá-la das injustiças do mundo e ela descobriria que um beijo de amor verdadeiro é capaz de curar qualquer ferida.
Mas, à medida que foi crescendo e se tornando uma mulher adulta, Izzy percebeu que nenhum daqueles contos eram reais. Ela era um patinho feio que não se tornou um cisne, sapos não viram príncipes, e ninguém da nobreza veio resgatá-la quando ela ficou órfã de mãe e pai e viu todos os seus bens serem transferidos para outra pessoa.
Até que sua história tem uma reviravolta: Izzy descobre que herdou um castelo em ruínas, provavelmente abandonado, em uma cidade distante. O que ela não imaginava é que aquele castelo já vinha com um duque..."


Comentando...

 O livro já chama atenção pelo fato de contar com a indicação de Julia Quinn e para completar foi vencedor do RITA Awards 2015 na categoria de melhor romance histórico. Depois da leitura concluída posso entender o motivo da autora, Tessa Dare, ganhar tantos elogios.

 O diálogos apresentados em " Romance com  o Duque" são apresentados entre aspas ao invés do travessão, contudo os diálogos são tão naturais que esse pequeno detalhe de forma alguma afeta a leitura.

 O fato do cenário escolhido pela autora ser uma castelo antigo e degradado deixa um ar de gótico e estimula a leitura para  poder acompanhar as mudanças no local. Outro ponto principal é que o castelo já é habitado por um duque.

" [...] E ela continuava com a bolsa vazia e a barriga roncando. Mas agora possuía um castelo. E não qualquer castelo, mas um que já vinha com um duque. - Página 27

"[...]Eu não sou um herói disfarçado" - Página 116

 E tem um fato do Duque de Rothbury que de certa forma pega o leitor de surpresa, mas é logo revelado, segue um pequena pista:

"[...] A escuridão assusta porque parece infinita. Mas não é tão vasta como parece. Você pode explorá-la, aprender a forma dela, [...]" - Página 158



 Um dos pontos altos e muito bem explorado pela autora foi ela colocar outra história contida no livro. É que a mocinha, Izzy Goodnight é famosa por ter o nome da personagem principal de " Os contos de Goodnight"- histórias publicadas pelo pai dela. Aos poucos, o leitor pode saber um pouquinho sobre essa história e rende boas risadas com os fãs desses contos.

Ao lado, fotinho de como imagino a protagonista e o seu "cabelo de polvo".

 "Romance com o Duque" é um daqueles romances históricos que deixa a sensação que apesar de todas as dificuldades haverá aquele tão sonhado feliz para sempre.

domingo, 5 de junho de 2016

Livro: A história de nós dois - Dani Atkins

Sinopse:" Emma tem 27 anos, é linda e inteligente e vive cercada de pessoas que ama. Prestes a se casar com Richard, seu namorado desde a época de escola, ela não poderia estar mais empolgada.
Mas o que deveria ser o momento mais feliz de sua vida de repente vira uma tragédia. Emma sofre um acidente e é salva por um estranho minutos antes que o carro em que ela viajava explodisse.
Abalada, ela decide adiar o casamento. E nesse meio-tempo descobre segredos que a fazem questionar as pessoas nas quais sempre confiara a ponto de duvidar se deve se casar afinal.
Para complicar, ela se sente cada vez mais ligada a Jack, o homem que a salvou e que não sai da sua cabeça. Jack é lindo, gentil e divertido, de um jeito diferente de todos que ela já conheceu. Por outro lado, é Richard quem ela sempre amou...
Uma mulher, dois homens, tantos destinos possíveis. Como essa história vai terminar?"

Comentando...

Emma está prestes a se casar, e ao sair de sua despedida de solteira com suas duas melhores amigas, acontece um terrível acidente.

"... aqueles últimos segundos que precedem um acidente: os momentos em que você parece ter um tempo infinito para ver exatamente o que vai acontecer, pensar, fazer alguma coisa, não fazer nada e ainda esperar pelo impacto. Foi dessa forma para mim." Pág. 15

Ela fica presa nas ferragens e um estranho aparece para ajudá-la.

"Não fosse por ele, a explosão teria me matado!" Pág. 27

As terríveis consequências do acidente e a aproximação de Jack vão deixar Emma muito confusa. Ela está sentindo que sua ligação com  Jack está ficando mais intensa, mas ela ainda tem sentimentos por Richard, seu noivo e quem ela conhece há anos.

"Como é possível amar um homem e ao mesmo tempo se sentir tão misteriosamente conectada a outro?"  Pág. 149

Quando comecei a ler A história de nós dois achei o início parecido com o outro livro da autora, Uma curva no tempo. Os dois livros começam com um terrível acidente mudando a vida da protagonista. Os dois livros têm duas histórias emocionantes em que os personagens vão repensar suas decisões e vão descobrir se estão realmente felizes com elas.
O acidente vai mudar completamente a vida de Emma. Ela vai adiar seu casamento com Richard porque depois da tragédia ela acha que não é mais propício que em um momento tão triste eles continuem com os planos.
Emma começa a ter uma ligação com Jack, o estranho que a salvou. Ela começa a sentir algo por Jack, mas vários fatores vão fazer Emma pensar se desfaz seu relacionamento de anos com Richard e entra em um relação com um homem que ela acabou de conhecer. O que Emma sente por Jack ela nunca sentiu por Richard e isso a deixa muito confusa.

"O acaso ou o destino simplesmente o haviam colocado na estrada certa no momento certo." Pág. 40
Emma descobre algo que pode abalar seu relacionamento com Richard. Uma traição que vai deixá-la emocionalmente conturbada e vai fazer com que ela pense muito em seu relacionamento com ele.

Além do romance, o livro também mostra grandes amizades, em que um sincero apoio é uma base forte para nos ajudar a passar por momentos difíceis. O livro é emocionante e nos mostra que nem sempre a felicidade pode estar aonde é mais fácil, e que as vezes é preciso se arriscar.