quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Livro:Fazendo Meu filme 1- Paula Pimenta

Sou fã de carteirinha de Meg Cabot e como tal, posso falar que o livro de Paula Pimenta capta totalmente a essência de Meg!  Dizer que "Fazendo meu filme- A estreia de Fani" é um ótimo livro...Com certeza, é pouco.O livro é excelente!



 Breve Sinopse:"Tudo muda na vida de Fani quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima."


 Fiquei totalmente encantada com o jeito que a Paula escreve.Senti como se estivesse novamente diante de "O diário da Princesa", pois assim como me apeguei a Mia e Michael, nesse livro me apaguei a Fani e Leo. Achei incrível o fato de Paula Pimenta começar o livro com a lista de DVDS da protagonista. São listados 55 filmes que Fani tem e são exatamente cinquenta e cinco capítulos no total.

 Cada capítulo é introduzido por  algum trecho do filme referente. AMEI essa ideia.Quando li a lista já fiquei sorrindo porque a maioria eram filmes queridos e conhecidos por mim. E qual livro no mundo vai começar o primeiro capítulo com a citação da personagem Cher de "As patricinhas de Beverly Hills" ?

"Cher:Não quero trair minha geração, mas não entendo a moda dos garotos de hoje.Parece que caíram da cama, puseram calças largonas e cobriram o cabelo sujo com boné ao contrário.E se julgam irresistíveis?Eu acho que não"(As patricinhas de Beverly Hills) 

"Homem de Lata: Agora eu sei que tenho um coração, porque ele está partido" (O mágico de Oz)

 Além das lindas citações dos filmes (Obs: A personagem Fani, ama filmes!), o livro também trabalha com as letras das músicas e como ela expressa o que sentimos.


"kyle Davidson: Você quer que eu te conte o que sinto por você?
Miranda Presley: Quero.
kyle Davidson: Está bem.Algumas vezes você escuta uma música no rádio e é exatamente a música que você quer escutar naquele momento.Ela termina e você fica feliz apenas por ter escutado.
Miranda Presley: Eu sou como aquela música?
kyle Davidson: Não, você não tem nada a ver com aquela música.Você é como se fosse a única música no mundo que eu poderia escutar pelo resto da minha vida.Você é essa música.
( Um sonho, dois amores)

A descrição e  desenvolvimento da história são bem elaboradas, fazendo o leitor ficar curioso e querendo ler mais e mais:

"... A música estava alta, mas eu não sei dizer qual era.Eu tinha acabado de olhar o relógio, mas eu não me lembrava mais das horas.Eu só sabia que eu queria que o tempo congelasse naquele minuto.E que aquela música não terminasse nunca mais."

"...O corpo da gente parecia que tinha sido moldado um no outro e eu podia sentir o perfume dele misturado com o meu.Ele estava me abraçando tão apertado e eu resolvi passar a mão de leve no cabelo dele, ele começou a mexer o rosto bem devagarzinho, nossas respirações estavam sincronizadas e aquele sentimento em mim foi ficando mais forte.Parecia que meus ossos estavam se descolando da pele, que eu estava leve, que ia voar"

Paula Pimenta consegue colocar situações engraçadas e ao mesmo tempo acrescentar aquele toque perfeito de romantismo.Talvez, muitas pessoas não leram esse livro por achar que pode ser Teen demais e tudo que posso comentar é que estão perdendo tempo! Considero "Fazendo Meu filme 1" um livro  para todas as pessoas românticas de qualquer idade!

Ao final deste livro, Fani faz suas próprias conclusões do que está acontecendo em sua vida, dignas de uma verdadeira Princesa!

Obs1: Final este, que  fica com um gosto de quero mais! Boa notícia: Tem outros volumes para ler.
Obs2:Um viva especial de agradecimento a editora GUTENBERG - Grupo Editorial Autêntica que enviou o livro.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Recado especial: Lauren Kate

Galera estou eu aqui pulando de alegria!!! Meu blog ganhou uma mensagem INTERNACIONAL! Mandei um e-mail na página oficial da querida Lauren Kate, entre elogios a obra dela... Quem me conhece sabe AMO, pedi que mandasse um recadinho para os leitores do meu blog. E olhem a surpresa perfeita, ela RESPONDEU:

"Dear Luiza,

Thank you so much for all your support and kindness. My message to your readers is this:



Hi Angels, Thanks so much for stopping in and reading about my book. I hope you all enjoy the Fallen series as much as I enjoyed writing it!

Best wishes,
Lauren      "

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Taylor Swift



  Muita gente tem ou teve "preconceito" com Taylor Swift. Pensam "Ah! Só mais uma garota bonita que finge que canta...", "Mais uma modinha..." Confesso, quando a Taylor ficou mais conhecida aqui no Brasil, eu não dei muita importância. Depois que comecei a prestar atenção em suas músicas que adorei! Fico feliz em comentar que ela tem a minha idade (23 anos) RSRrs assim, não me sinto tão velha! Mas voltando a Taylor, acho que o grande diferencial nela é a sua personalidade. Em um show, Taylor explica para o público que escreve o que sente no momento. Considera quando suas canções são expostas  como se tivesse colocado um bilhetinho dentro da garrafa e soltado para o mar.Alguns vão prestar atenção vão entender a mensagem, enfim pode ou não chegar a pessoa destinada.Amei esse comentário!

 Também em especial, Taylor comenta sobre sua música "Mean", segundo ela havia um crítico que SEMPRE a deixava para baixo então escreveu essa canção que se tornou um hino para o bullying.

"You, with your words like knives
And swords and weapons that you use against me,
You, have knocked me off my feet again,
Got me feeling like I'm nothing.
You, with your voice like nails on a chalkboard"

  Eu virei fã de suas músicas e curto muito o seu estilo antigo de se vestir. Atualmente  ela está trabalhando na divulgação de seu novo álbum, intitulado de  "Red" que tem 16 ótimas músicas. 

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Livro:Nascida à Meia noite

Sinopse: "Kylie Galen está na pior. Seus pais vão se divorciar, seu namorado acaba de romper com ela e, uma noite depois de ser presa por estar na festa errada, com as pessoas erradas e na hora errada, sua mãe a manda para Shadow Falls -um acampamento para adolescentes problemáticos, localizado numa cidade chamada Fallen no meio de uma misteriosa floresta, e isso muda sua vida para sempre. Poucas horas depois de chegar, ela descobre, assustada, que seus colegas não são apenas "problemáticos". Kylie nunca se sentiu normal, mas também não se considera uma daquelas aberrações paranormais. Ou será que é? Em Shadow Falls, vampiros, lobisomens, metamorfos, bruxas e fadas aprendem juntos a desenvolver seus poderes, controlar sua magia e viver no mundo normal.No entanto, as coisas tomam um rumo diferente quando Derek e Lucas entram em cena. Derek é um fae que possui poderes mágicos e quer a todo custo namorar a Kylie, e Lucas, um lobisomem com quem ela partilha um passado secreto. De início, tudo o que Kylie deseja é sair de Shadow Falls e voltar para casa. Porém, com Derek e Lucas ocupando um lugar cativo em seu coração, e depois de descobrir que ela própria tem estranhos poderes, talvez sua vida nunca mais volte a ser a mesma..."

 Estava ansiosa para a ler esse livro e não me decepcionei. A leitura flui rapidamente. Achei perfeito o fato que apesar de escrever em 3ª pessoa, C.C. Hunter consegue registrar todas as emoções sentidas por Kylie. A escrita em geral é uma linguagem "informal" que ao meu ver gera boas risadas para o leitor. Amo romances sobrenaturais, então um livro que contêm fadas, bruxas, vampiros... Com certeza já chamava minha atenção. Durante a leitura me lembrei um pouco da série "House of Night" ( Os primeiros livros), por causa da mudança de lugar da personagem. Em "Nascida à Meia-Noite" Kylie se muda para o acampamento Shadow Falls. E com rapazes lindos, amigas diferentes... Já dá vontade de conhecer esse acampamento!
 O diferencial no livro, fica por conta de alguns mistérios, por exemplo o enigma envolvendo o tal do fantasma soldado Dude.
 Agora estou na expectativa para ler o volume 2 da série!
Concordo totalmente com  esta citação:
"Hoje em dia, há tantos livros do gênero sobrenatural para jovens adultos que é difícil escolher um realmente bom.Foi ótimo descobrir Nascida à Meia-Noite.Se você gosta de P.C e Kristin Cast ou Alyson Noël, sem dúvida se surpreenderá com este livro" - Night Ownl Reviews

 Se você não vai viajar nessas férias ou mesmo que viaje, não deixe de conhecer Shadow Falls, apenas abrindo algumas páginas.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Entrevista: Autora Paula Pimenta

Galera que honra! Para minha primeira entrevista no blog consegui: Paula Pimenta. Entrei em contato com ela, por rede social e e-mail. Foi super atenciosa, fazendo-me a admirar ainda mais.Então vamos conhecer um pouco mais da autora:

Paula Pimenta  nasceu em Belo Horizonte.
 Livros: "Confissão", "Fazendo meu filme 1","Fazendo meu filme 2"," Fazendo meu filme 3", "Fazendo meu filme 4", "Minha vida fora de série" e "Apaixonada por palavras"
Contato: http://www.paulapimenta.com/
Curiosidade: " Estudou também Música na UEMG, deu aulas de violão e técnica vocal por vários anos e é compositora."

Obs: Em breve, aqui no blog farei uma postagem do livro  da nossa querida autora. Livro:"Fazendo meu filme 1".

Entrevista:


1)Demorou muito para você escrever "Fazendo meu filme" volume 1?
Ao todo foram oito meses. Na época que escrevi FMF 1 eu ainda não sabia que ele iria ser publicado, então escrevia apenas nas horas vagas, quando dava inspiração... Os outros livros da série eu escrevi bem mais rápido, levei em média três meses pra concluir cada um deles.

2)Quais foram suas fontes de  inspiração para o livro ? Consultou algum amigo(a) para ter uma segunda opinião?
Inicialmente me inspirei em algumas partes da minha própria vida. Mas aos poucos a história foi tomando outro rumo e se transformou na vida da Fani. Desde o primeiro livro, minha mãe e minhas primas leem os capítulos à medida em que vou escrevendo. Elas me dão opinião e eu gosto de ver a reação delas ao ler, para perceber se consegui causar a reação desejada.

3) Foi difícil conseguir publicar?
Eu queria publicar “Fazendo meu filme 1” de qualquer jeito, mesmo que fosse de forma independente. Porém, resolvi esgotar as possibilidades nas editoras antes. Nas duas primeiras que eu fui, nem quiseram ler o meu livro. O dono de uma delas falou inclusive que “adolescentes não leem livros grossos”! Na época não tinha Crepúsculo ainda, mas tive vontade de perguntar se ele nunca tinha ouvido falar de Harry Potter, pois o sexto volume da série tinha acabado de ser lançado e tinha quase o triplo do tamanho do meu livro! Mesmo depois que consegui uma editora, tive que esperar quase dois anos pra ter o meu livro publicado, pois havia um cronograma de publicações que precisava ser respeitado. A maior dificuldade foi essa, o começo, pois as editoras brasileiras são muito resistentes a publicar livros de autores iniciantes.

4) Cite 3 autores (as) que você é fã?
1) Meg Cabot
2) Martha Medeiros
3 Sophie Kinsella

5)Um livro que te marcou?
Griffin&Sabine (Nick Bantock)

6)Um sonho?
Que eu tenha cada vez mais inspiração, que eu possa publicar cada vez mais livros e que eles encantem cada vez mais leitores!

7) Um medo?
Perder as pessoas que eu amo.

8) Aproveito a oportunidade e gostaria de pedir para mandar algum recadinho para os leitores do blog.
Gostaria de desejar um Feliz Natal para todos os leitores e que vocês tenham um 2013 cheio de emoções, como as páginas de um livro com final feliz!

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Música:Banda Lawson

Lawson é uma banda britânica de pop/rock. Pelo menos aqui no Brasil, acho que eles não são muito conhecidos.Conheci por acaso porque quando li o título da música "Standing in the dark" me interessei na hora!Assim acabou que ouvi o álbum inteiro da banda e AMEI.Eles começaram a fazer sucesso quando abriam show de por exemplo, nada mais nada menos, que Avril Lavigne.

 O álbum deles é o "Chapman Square"  e é o tipo de cd que você se apaixona por todas as músicas! 

"Standing in the dark" :É a primeira música do álbum que para mim abre com chave de ouro! Quando você se der conta está com a parte "Dark, dark, oh            
            Dark, dark, oh
            Dark, dark, ohh, oohh"
na cabeça e garanto é ótimo!!!!


"Gone": Me fez lembrar Coldplay

"Taking Over Me": AMO essa música, lembrou um pouco Parachute, mas é perfeito! Dá para dançar. A parte do "ooooo" é tão fofinha, com certeza um super hit!

"Everywhere you go": Já vejo ela tocando em "The Vampire Diaries"

"Waterfal" e "When she was mine": Sabe aquelas músicas de filme fofas?Então são nesse estilo o ritmo.

"Make It Happen" :MUITO o estilo de uma banda que admiro The Kings of Lion, desde do vocal, a batida da bateria até os sons de guitarra , ficaram totalmente KOL.

"Learn to love again" : Essa é a música mais pop do álbum

"Stolen" :Desde que ouvi AMO, música para ouvir toda hora!Ela rouba nossos corações!

"You' ll never Know" "You Didn´t tell me" :Músicas românticas.Fofas, perfeitas para um final de filme.( Só lembrando, eles não são boybands, tocam e cantam)

"The Girl I Knew": A música mais lentinha do álbum.



quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Lauren Kate: Apaixonados e Êxtase



 Quem me conhece sabe que sou super fã da autora Lauren Kate. Esse ano a saga Fallen chegou ao fim.
Os dois últimos livros lançados, foram "Apaixonados" que foi um  livro em homenagem aos fãs que conta o Dia dos namorados de cada personagem, e todos interligados ao casal principal Luce e Daniel, além de dar explicações sobre a saga. Mais uma vez, amei o livro! Li em cerca de três dias e  fiquei com maior pena quando terminou. Destaco a história de Shelby e Miles. E como não pode faltar Luce e Daniel. 
 Único ponto que não gostei foi a história de Ariane,  adoro a série Pretty Litlle Liars, mas acho que Lauren andou vendo PLL  demais, principalmente a parte da Emilly. Rsrs

 Trechos que amei e demonstram o quanto Lauren Kate tem uma narrativa única:

"Os lábios de ambos se uniram no beijo mais doce.
Simples, apenas alguns movimentos.Nada muito complicado;afinal de contas, eles só estavam começando."

"Todos dançavam desde que o sol beijara o horizonte;agora as estrelas cintilavam como uma armadura no céu.Havia sempre tantas estrelas nos céus do passado."

"Entretanto ali estavam, presos em um instante entre o passado e o futuro, agridoce, precioso,confuso, estranho e incrivelmente cheio de vida."

Já li e ouvi muitos leitores que criticam a Lauren Kate, bom cada um tem sua opinião.Entretanto, acho que o grande diferencial na série Fallen é que Lauren descreve cada acontecimento de forma extremamente romântica. E os verdadeiros românticos infelizmente ainda são um grupo pequeno se não muitas vezes até raro de se encontrar.

E o último livro da série "Fallen" o livro "Êxtase". Dica: NÃO leia a sinopse! Mas apesar de eu não ler, no meio para o final comecei a desvendar o mistério de Lucinda Price e acertei! Mesmo assim Lauren surpreende.Admito que senti falta de Cam na história. E o final deixa com gostinho de quero mais!

 Não vou destacar muitos trechos do livro, para não revelar as surpresas, mas só para ter um gostinho do livro:

"Beijar Daniel estava entre aquilo que é novo e arrebatador e algo inconfundivelmente conhecido, como uma recordação da infância escondida em uma caixa no porão.Luce sentia como se tivesse descoberto um hangar cheio de fotografias monumentais, e como se todos aqueles instantes enterrados tivessem sido liberados do cativeiro diretamente para as profundezas de sua alma."

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Giostri editora: entrevista


                        Não deixem de conferir entrevista com o editor Alex Giostri 

domingo, 25 de novembro de 2012

Livro:Entre Amores Cruzados

O livro que estou lendo no momento e com certeza recomendo é "Entre amores cruzados" da querida autora Vanessa de Cássia. Tive a sorte de conhece-la  pessoalmente em um evento literário aqui no Rio, é uma fofa! Super simpática. 

 E fiquei toda happy ao receber o livro dela autografado! Mais uma vez Vanessa, o meu muito obrigada pelo carinho e atenção que você tem com seus leitores!

Sinopse: "No silêncio das palavras e no quente de nossos corpos unidos em um só. É assim que me sinto com ele Você seria capaz de equilibrar sua vida entre dois amores? O amor é quem te escolhe! E quando se tem...Um amor preciso. Que faz sua vida melhor. Um amor avassalador. Corações quentes a se amar. E um apimentado. Apenas uma curiosidade sufocante. É apenas inevitável... Resistir aos encantos... Do amor. Da paixão. Da tentação.Além disso, até que ponto suportamos as dúvidas? Você acredita no amor? Em suas escolhas? Viva. Imagine. Sinta. Esse incrível e doce triângulo amoroso. Acredite nesse amor. Apaixone-se por ela, por eles.."

 A primeira característica que não posso deixar de citar nesse livro é que mesmo quem não conhece a autora, sente-se como a conhecesse, pois logo nas primeiras páginas ela coloca lindos agradecimentos e  adorei a escolha de "Desencanto" de Manuel Bandeira para iniciar o livro, assim como em uma página inteira,Vanessa com tanto carinho escreve"Ao leitor".
 A história trata basicamente de Verônica Bark  e digamos seus amores.Para quem vive reclamando que as mocinhas de livro tem sempre a mesma idade 17 anos, está aí um fato ótimo: Verônica tem 25 anos!
  A narrativa é bem elaborada e tem certos momentos que fiquei surpresa e curiosa para saber o que iria acontecer. Outra característica marcante é que a autora coloca volta e meia referencia há diversas músicas que os leitores conhecem.Adoro isso!  E claro tem as referências do cotidiano, por exemplo , tem uma parte do livro em que Verônica entra no NSN e começa a conversar, a narrativa foi tão natural que me senti como se a personagem fosse minha amiga e eu estivesse ao lado dela, lendo sua conversa!

Enfim, vamos valorizar nossa literatura nacional, porque ela merece!

Parece que em breve teremos o próximo livro da Vanessa de Cássia, cujo título é "Batom Vermelho" e espero que venham muitos outros!




quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Grupo Editorial Pensamento

Lançamento! Para quem procura uma leitura diferente pode se interessar:
Sinopse: "E se você não precisasse morrer para saber que o céu existe? E se quisessem matar você por causa dessa descoberta? Neste thriller médico eletrizante, Zack Kashian, um estudante de pós-graduação, entra em coma após um acidente de bicicleta. Meses depois ele acorda murmurando o pai-nosso na língua original (aramaico), o que chama a atenção da mídia, de fanáticos religiosos e de um grupo de neurocientistas que pesquisam secretamente as experiências de quase morte. Seria evidência de vida após a morte? Ou tudo se resume à neurobiologia, como suspeita a jovem Sarah Wyman, uma das pesquisadoras da equipe? Enquanto eles tentam entender estas assustadoras experiências extracorpóreas, forças sinistras, para as quais as experiências de quase morte são pura blasfêmia, contratam um implacável assassino que, em nome de Deus, fará qualquer coisa para liquidar o projeto e todos os envolvidos."

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Livro:Cidade dos Anjos Caídos

Minha vontade e meu desejo se transformaram pelo amor, o amor que move o sol e todas as estrelas"- Último verso de Paradiso, O Paraíso de Dante.

" L'amor che move il sole e l'altre stelle"

"- Significa- explicou ele-, que o amor é  a força mais poderosa do mundo.Que o amor pode fazer qualquer coisa."

20hlpxd_large

Talvez tenha sido um milagre eu não ficar chorando ao ler o volume 4 de "Os instrumentos mortais", acho que se deve ao fato da Cassandra Clare nas últimas páginas já ir preparando psicologicamente o leitor! Suas narrações continuam incríveis, uma simples cena de beijo se transforma em A cena, com sua habilidosa escrita. Admiro muito ela e me encanto com suas palavras durante a leitura.

 Wide Awake: Música da cantora Kate Perry traduz muito o clima desse livro:


"I was in the dark
I was falling hard
With an open heart
I'm wide awake
How did I read the stars so wrong?"

                                                                                " I'm wide awake

                                                                                 Yeah, I am born again
                                                                                 Out of the lion's den
                                                                                 I don't have to pretend
                                                                                 And it's too late
                                                                                 The story's over now, the end"

Cidade dos Anjos Caídos fala muito do personagem Simon, confesso que ficava ansiosa para passar a parte dele e ir logo para o Jace. Não vou colocar sinopse para ao ler terem alguma surpresa!


 Está confirmadíssimo que ano que vem sai o filme do primeiro livro "Cidade dos Ossos". AMO o livro e estou com medo de me decepcionar com o filme, pois na minha opinião não souberam escolher bem o ator que interpretará Jace.Com certeza vou ver, o filme nas telonas quem sabe não me surpreenda?
Dica: Se ainda não leu a série "Os Instrumentos Mortais" leia! E não deixa para depois do filme.
A seguir desenhos que os fãs fazem dos personagens:

Tumblr_lthp0b72ry1qcgejso1_500_large


   




Tumblr_loucgpitv21r0o71ko1_500_large

domingo, 11 de novembro de 2012

Tradução música :No worries - Mcfly


Mcfly_2_large

Dica: Além dessa  música vale a pena ouvir e ver clipe fofo de "Love is easy" .

No Worries

Sem Preocupações

We ran past strawberry fields and smelt the summer time

                Nós corremos por campos de morango e cheiramos o verão
When it gets dark I'll hold your body close to mine
Quando ficar escuro eu vou abraçar seu corpo perto do meu
And then we'll find some wood and hell we'll build a fire

Então nós vamos achar madeira e como vamos construir uma fogueira

And then we'll find some rope and make a string guitar.
E então vamos achar corda e fazer um violão de cordas

Captivated by the way you look tonight the light is dancing in your eyes
Cativado pelo jeito que você está essa noite a luz está dançando em seus olhos
Your sweet eyes
Seus doces olhos
Times like these we'll never forget
Tempos como esses nós nunca esqueceremos
Staying out to watch the sunset
Ficar fora para assistir o pôr-do-sol
I'm glad I shared this with you
 Estou contente que compartilhei isso com você
You set me free
 Porque você me libertou
Showed me how good my life could be
Me mostrou quão boa minha vida podia ser
How did this happen to me?
Como isso aconteceu comigo?
Yeahhh aww


And then I'll swing you girl until you fall asleep
E então eu vou te balançar garota até você adormecer
And when you wake up you'll be lying next to me
E quando você acordar estará deitada ao meu lado
(wa wa uh)
We'll go to Hollywood make you a movie star (movie star)
Nós vamos à Hollywood fazer de você uma estrela de filmes

I want the world to know how beautiful you are
Eu quero que o mundo saiba quão bonita você é


Captivated by the way you look tonight the light is dancing in your eyes

Your sweet eyes
Seus doces olhos
Times like these we'll never forget
Tempos como esses nós nunca esqueceremos
Staying out to watch the sunset
Ficar fora para assistir o pôr-do-sol
I'm glad I shared this with you
Estou contente que compartilhei isso com você
You set me free
Porque você me libertou
Showed me how good my life could be
Me mostrou quão boa minha vida podia ser
How did you happen to me?
Como você aconteceu comigo?
Yeahhh aww


There are no secrets to be told
 Não há segredos a serem ditos
                                                Nothing we don't already know
                                                 Nada que nós já não sabemos
Bum bum bum
We've got no fears of growing old
Nós não temos medo de envelhecer
We've got no worries in the world
Nós não temos nenhuma preocupação no mund


Ba ba ba ba ba ba ba
Ba ba ba ba ba ba ba
Ba ba ba ba ba ba ba
Ba ba ba ba ba ba ba

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Filme: Star Wars



 Lembro que quando assisti o primeiro filme que originalmente inicia-se com o episódio IV, na época meu pai havia comprado o box da trilogia em VHS ! Ainda nem haviam lançado o episódio 1, 2 e 3. Vi o filme com cerca de 9 anos de idade e fiquei encantada.O motivo? Vários: O sabre de luz, os robôs, o letreiro amarelo chamativo, o Darth Vader, as músicas típicas do filme e claro as revelações que ocorreram na história. Perdi a conta de quantas vezes assisti os filmes, principalmente o Retorno do Jedi (Episódio VI), lembro até dos gestos dos personagens. 

 Até hoje o universo criado por Star Wars me fascina. Com certeza essa é uma saga especial : Primeiro filme, lançado na década de 70 que é comentado até hoje!

 Amo quando assisto em filmes/séries referências a Star Wars.Influência até nos livros:A série Diário da Princesa da minha querida autora Meg Cabot, cita muitas vezes este filme. Outras autoras são a PC Cast e Kristin Cast conhecidas pela série de livros "House of night".Nestes a personagem principal, Zoey também adora Guerra nas estrelas.

Recentemente teve o Jedicon, um evento que reúne fãs do filme, havia pessoas de todas as idades. Me diverti muito! Teve palestras, concurso de Cosplay... Fui com minha amiga Nathalie e por lá encontrei amigas queridas do Clube de Leitores Cariocas ( Raffa Fustagno e Lívia Araújo e Déborah Andrade).

Não vou colocar mais motivos para assistir Star Wars se não a postagem com certeza vai ficar MUITO longa!Se ainda não assistiu, reserve um dia para essa saga. Prepare a pipoca e divirta-se!
Recomendação: Assista primeiro a trilogia original ( IV,Ve VI) e depois (I, II e III).
E  ..."Que a força esteja com você!"
Detalhe da foto: Eu com a máscara do Darth, ele é meu amigo íntimo! RSrs)

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Giostri Editora



Galera não deixem de conferir as fotos sobre as Satyrianas 2012
" evento tem como principal objetivo estimular as manifestações culturais, agrupando artistas de diversos segmentos ..."


Para visualizar as fotos do evento: 

http://www.facebook.com/media/set/?set=a.299379180173310.66118.100003036918819&type=3


 E não esqueça de acessar a página da editora pelo Facebook:
                                                               https://www.facebook.com/giostrieditora

domingo, 21 de outubro de 2012

Grupo Editorial Pensamento: Lançamento livro Levada ao Entadecer

"Levada ao Entardecer" é o terceiro volume da série Os Sobrenaturais.

 Infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler, mas espero em breve fazer a resenha do primeiro livro. As capas são lindas!
Esses livros são da autora  Christie Craig, mas conhecida como C.C. HUNTER.



quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Música:Hot Chelle Rae




 Quando foram confirmados como uma das bandas a se apresentar no Festival Z, fui correndo pesquisar mais sobre HCR, pois não conhecia muito. Ao ouvir o álbum Whatever, me surpreendi, pois não gostei apenas de uma música e sim de TODAS. A banda tem um estilo pop/rock e misturado com rap. Infelizmente não pude ir no show mas acompanhei pela televisão.Eles são uma simpatia e o vocalista canta super bem ao vivo.Assim não tem como se decepcionar.
 Além da música "Whatever" que dá título ao álbum, também tem a música  "Tonight Tonight" que no clipe conta com a participal especial do ator que interpreta o fofo do Sam  do seriado Glee.
É difícil destacar músicas já que gostei de todas, mas uma em especial  recomendo  "Why don't you love me " pois  muitos  ainda não conhecem e além do mais tem a participação da Demi Lovato! Se ainda não ouviu, não perca tempo. Música PERFEITA  bem naquele estilo romântico de algum filme.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Tradução de música: 93 Million Miles- Jason Mraz


93 Million Miles
93 million miles from the sun
People get ready, get ready
Cause here it comes, it's a light
A beautiful light, over the horizon
Into our eyes
Oh, my, my, how beautiful
Oh, my beautiful mother
She told me, son, in life you're gonna go far
If you do it right, you'll love where you are
Just know, wherever you go
You can always come home

240 thousand miles from the moon
We've come a long way to belong here
To share this view of the night
A glorious night
Over the horizon is another bright sky
Oh, my, my, how beautiful,
Oh, my irrefutable father
He told me, son, sometimes it may seem dark
But the absence of the light is a necessary part
Just know, you're never alone,
You can always come back home
Home
Home
You can always come back

Every road is a slippery slope
But there is always a hand that you can hold on to
Looking deeper through the telescope
You can see that your home's inside of you

Just know, that wherever you go,
No, you're never alone,
You will always get back home
Home
Home

93 million miles from the sun
People get ready, get ready
Cause here it comes, it's a light
A beautiful light, over the horizon
Into our eyes



   
93 Milhões de Milhas
A 93 milhões de milhas do Sol
As pessoas preparam-se, preparam-se
Porque lá vem, é uma luz
Uma linda luz, além do horizonte
Para dentro de nossos olhos
Oh, minha nossa, que linda
Oh, minha bela mãe
Ela me disse, filho, você irá longe na vida
Se fizer tudo direito, amará o lugar onde estiver
Apenas tenha certeza de que onde quer que vá
Você sempre poderá voltar para casa

A 240 mil milhas da Lua
Percorremos uma longa distância para pertencer a esse lugar
Para compartilhar essa vista da noite
Uma noite gloriosa
Além do horizonte há outro céu brilhante
Oh, minha nossa, que lindo
Oh, meu pai irrefutável
Ele me disse, filho, às vezes, pode parecer escuro
Mas a ausência da luz é uma parte necessária
Apenas tenha certeza de que você nunca está sozinho,
Você sempre poderá voltar para casa
Casa
Casa
Você sempre pode voltar

Toda estrada que é uma subida escorregadia
Mas sempre há uma mão na qual você pode se segurar
Olhando profundamente pelo telescópio
Você pode perceber que seu lar está dentro de você

Apenas tenha certeza de que onde quer que você vá
Não, você nunca está sozinho,
Você sempre voltará para casa
Casa
Casa

A 93 milhões de milhas do Sol
As pessoas preparam-se, preparam-se
Porque lá vem, é uma luz
Uma linda luz, além do horizonte
Para dentro de nossos olhos









segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Concurso literário.

Galera a querida editora Giostri abriu o concurso "Quem conta um conto"
Para saber mais informações e o regulamento acessem o seguinte link:



Boa sorte para todos!

Série: Razão e sensibilidade


Como me recomendaram e estava na famosa promoção comprei o dvd duplo da série "Razão e Sensibilidade"  baseada no romance de Jane Austen.  Para quem ama "Orgulho e Preconceito" como eu, é uma série totalmente recomendada!
O box contêm que contêm apenas 3 episódios de aproximadamente cinquenta minutos cada.

 As fotografias da série são PERFEITAS, atores com ótimas interpretações e história muito bem desenvolvida pelos produtores.Acho que não foi á toa que no final da série  era na televisão a personagem Elinor chorando e eu no meu sofá igualmente chorando!



 Já li "Orgulho e Preconceito" além de ver o filme, e admiro muito a escritora Jane Austen. 
Acho fantástico as reviravoltas que ela dá para o destino de cada personagem, o marcante final feliz que em geral possui nas suas obras e outro fato que me chamou atenção depois de ver a série é a escolha de títulos que Jane usava. Por exemplo, "Orgulho e Preconceito" em inglês é "Pride and Prejudice" ambas as palavras lembram uma a outra, mas tem significados distintos.O mesmo ocorre em  Razão e Sensibilidade que originalmente é "Sense and Sensiblity" palavras que além de parecidas são totalmente opostas.



Sinopse:" Uma versão da obra de Jane Austen que trata de amor, traição, paixão e suas relações com as convenções sociais. Deixadas na miséria após a morte de seu pai, Elinor e Marianne Dashwood enfrentam a incerteza do futuro e têm de casar se querem uma vida confortável. Pretendentes não faltam, como Mr. Edward Ferrars, Mr. John Willoughby e o Coronel Brandon, só que todos eles escondem facetas não tão visíveis. Aflitas pelo mesmo problema, Elinor e Marianne têm jeitos muito diferentes de encará-lo, uma pendendo para a razão e a outra se entregando à paixão. Mas só o equilíbrio pode levar as duas a uma solução."

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Folhetim:Um feitiço chamado de amor

Para quem não acompanhou os outros capítulos segue os links:
http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/2012/03/um-feitico-chamado-de-amor.html
http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/2012/04/um-feitico-chamado-de-amor.html
http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/2012/06/um-feitico-chamado-de-amor.html
http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/2012/09/um-feitico-chamado-de-amor.html


Capítulo VII

 Sarah tentou a partir daquele dia ficar o mais afastada possível de Francis. Porém certos encontros eram inevitáveis, as horas da refeição por exemplo. O relógio parecia ter implicância com ela nesses momentos e demora-se por demais ver os ponteiros se moverem, parecia uma eternidade. Tentava não observar Francis, mas às vezes era uma missão quase que impossível. Seus olhos pareciam ter vontade própria  e sempre que ousara a olha-lo; seus olhares se encontravam. Diferentemente de May que parecia nunca cansar de observa-lo. Já Bárbara, só tinha olhos para John que aparentemente não retribuía o mesmo afeto.
 Durante uma caminhada pelas ruas de Vizadi,  Sarah indaga:

-         Estás mesmo dispostas a se casar com o primo John ?
-         Oh! Claro ! Fomos prometidos desde pequenos uma ao outro

 Rindo Sarah responde :

-         Não precisas me falar o obvio, mas ao que me refiro... bom não leve a mal, quem sou eu para julgar, mas não acha John sempre distante ?
-         Sim, mas por certo, este é o jeito dele e com o tempo irei até apreciar tal característica.
-         Vós é que sabeis, se for feliz,  estarei de acordo !
-         Agradeço o apoio, irmã, mas tranqüilize-se, não há motivos para preocupar-se.

 Quando chegaram em casa tiveram uma grande surpresa.No sofá da sala, havia o casaco de Francis. Sarah, logo reconheceu, pois  este casaco era quase que uma marca registrada dele.Este usara, no dia em que se conheceram .O casaco na verdade era um distinto sobretudo de veludo azul marinho, com golas quadradas ajeitadas cuidadosamente para cima, não era um casaco comum. Junto ao bolso do casaco poderia se ver que um pouco para fora havia um livro nele contido.Naquele mesmo instante, May  desce as escadas e assim que pôs seus olhos sobre o casaco, tratou de andar mais depressa.

-         Espero que minhas primas sejam discretas ao que vou fazer agora, mas a curiosidade me angustia.

 May rapidamente puxou o livro do bolso do casaco de Francis. E para sua decepção, o livro se tratava,  nada mais, nada menos que o diário de Sarah.

-         O que seu diário está fazendo no casaco de Mr. Jones ?
-         Oh ! Estou tão espantada quanto vós, minha prima !Nunca dei ou emprestei meu diário a ninguém.

May ficou enfurecida com o diário. Em sua mente, Francis e Sarah já possuíam um romance secreto. Jogou o diário no chão e retirou-se da sala o mais rápido que pode, sem uma palavra disser. Sarah pegou seu diário. Bárbara ficou muito pensativa, estava tão surpresa quanto aquela. Já ia fazer perguntas para Sarah. Quando ouve:

-         Bárbara, minha filha ! Venha ao seu quarto imediatamente e prove o vestido que a modista trouxe.

 Sarah foi imediatamente para seu quarto, onde podia ficar as sós com seus pensamentos, que agora seguiam uma única direção: ´´ Não acredito ! Francis, leu o meu diário !``

Capítulo VIII



 Sarah não conseguira dormir direito aquela noite, só pensava na história de seu diário. No mesmo dia, procurou Bárbara para desabar sobre tal assunto, mas esta estava radiante, dentro de 5 dias iriam dar uma festa de noivado para ela e John, que Sarah se sentiu culpada em atormentar a irmã com problemas, então resolveu não tocar no assunto.

-         Sarah ! Que alegria ! Finalmente terei minha tão sonhada festa de casamento. O vestido que provei é adorável !
-         Que bom ! Fico alegre por vós !
-         Tenho, tanta coisa para decidir, que penteado devo usar ?
-         Use os cabelos soltos, ficará simples e bonito !
-         Diz isso, pois seus cabelos são lindos! Se eu colocar os meus soltos vou parecer uma bruxa!
-         Que isso ! Mas então, posso fazer uma trança com fitas, ficarás linda !

 E assim se seguiu o resto do dia. Bárbara estava tão ansiosa que implorou para que sua irmã trançasse os cabelos dela agora mesmo, para ver como ficava. Esta atividade distraíra um pouco Sarah, mas seus pensamentos estavam bem longe do noivado da irmã.
 Desde aquela tarde, Sarah não conseguia ser a mesma pessoa que sempre foi, alegre e tranqüila. Um dia desses quando Melissa, como de hábito pegou um de seus livros para provoca-la. Sarah nem se deu ao trabalho de correr atrás da irmã. Tudo o que fez foi perguntar:

-         Este é meu diário,  Melissa ?
-         Não, mas é um livro que adoras. Vem buscar !

 Mas para a decepção de Melissa, Sarah não foi atrás do livro. Para Sarah correr atrás do livro, iria fazer esta lembrar do que mais que tudo na vida, queria esquecer: Francis.
 Então resolveu ir  para a trilha em direção ao bosque onde ficava a lagoa e sua árvore favorita Uma grande árvore, com lindas folhas verdes, tronco largo e muito diferente, já que em seu caule havia uma parte oca no formato de um coração. Sarah, amava aquela árvore, desde que se entendia por gente, quando pequena, o buraco em forma de coração era seu esconderijo, quando cresceu  um pouco, seu corpo não cabia mais lá, então o buraco era o esconderijo de suas bonecas. Agora, em sua fase adulta, o buraco estava ali simplesmente, para lembra- lá  que o que quer que acontecesse, sempre encontraria paz naquele lugar. Sentou- se abaixo da grande árvore e ficou a admirar a lagoa, o céu, o vento em seu cabelo. Estava sonolenta e quando deu por si  já estava dormindo.