segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Um feitiço chamado de amor


Capítulo V

 
 No mesmo dia John deu a sugestão que fosse realizado um baile, falara que era muito chique. Sarah que adorava bailes logo se empolgou.

-         Vamos, pai ! Esta é uma excelente idéia, há tempos que não demos bailes.
-         De fato, isso é verdade.Emma ! Providencie tudo, e comunique a partir de agora que amanhã à noite a família Aubrey dará um baile para recepcionar seus ilustríssimos hóspedes.

  Emma tratou de mandar um mensageiro imediatamente comunicar seus amigos sobre tal evento. Pela manhã do dia  seguinte, tudo se seguiu muito agitado.Emma não parou um só segundo de dar ordens à cozinheira e pedindo urgentemente que Emily, a única empregada da casa, fizesse uma limpeza geral. Sarah, Bárbara e May ajudaram na ornamentação do baile, como os arranjos de flores. Mais tarde foram para seus respectivos quartos  onde escolheram os melhores vestidos e se arrumaram.


 Apesar de meio simplório, considerando os grandes bailes que ambos visitantes já freqüentaram, tudo estava de um belíssimo gosto. A louça de porcelana ganhada no dia anterior já dava sua graça na composição da decoração do baile. Mr. Aubrey tratou de convidar seus antigos amigos, que são músicos. Quando estes, souberam que o filho do Conde Jones se encontrara lá, se sentiram tão honrados por tocar naquele baile, que fizeram cortesia a Mr.Aubrey dispensando qualquer moeda que fosse pela música.
 A sala da casa rapidamente ficou cheia. A música estava muito animada.
 Francis de repente esqueceu seu nome, esqueceu até de como se falava ao ver Sarah descendo das escadas em um lindo vestido azul claro, que dava ainda mais destaque aos seus olhos. Foi diretamente na direção dela.



-         Concede-me  a honra da próxima dança ?
-          Sim ! Mr. Jones !
-         Chame-me apenas de Francis, por favor.
-         Sim ! Francis!

 Sarah ficou surpresa pois logo que deu o ar de sua graça. Francis a convidara para dançar. Estava feliz e ao mesmo tempo apreensiva, porque ouvira falar sobre a reputação dele- um grande galanteador. Mas, sem sombra de dúvida ele era o rapaz mais bonito do baile e se sentia honrada por ter sido escolhida. Ainda tivera sorte,  a música que dançaram era lenta e assim pode sentir Francis mais próximo de si. Ele tinha uma incrível leveza para dançar e guiava Sarah elegantemente na música. May observava os dois e ouvia tudo atentamente.

-         Então diga-me Francis, a cidade de Vizadi está te agradando ?
-         Sim ! E como está ! Todos por aqui têm sido muito simpáticos.Mudando o rumo da conversa, a senhorita, costuma sempre  receber visitas daquele modo, correndo ?
-         Oh ! Claro que não ! Como ousa fazer tal acusação ? A caçula de minha família pegou algo que me pertence e como era meu de direito, fui atrás dela.- Sarah falou rindo.
-         Mas que decepção achava que isso era um costume  em sua cidade. Iria ser uma boa novidade para contar quando retornasse.
-         Lamento, então te desapontar, mas foi apenas um acaso.Apesar de ficar com raiva de Melissa , confesso, que acabo me divertindo.Por falar em tal assunto. Ela ainda está com meu diário.
-         A senhorita escreve em diário ?
-         Bom, por certo, agora já sabes. Falei demais. Mas é só um entretenimento de quem mora em uma pequena cidade.
-         Não precisa ficar envergonhada, te contarei um segredo.
-         Claro e eu fingirei que acredito !
-         Não zombeis de mim !É sério ! Também possuo um diário !
-         Perdoe-me a indiscrição, mas de fato estou desapontada, no mínimo pelos boatos que ouço do senhor, esse diário não passa de descrições das donzelas cujo coração você despedaçou !
-         Nossa! Minha fama já chegou aqui ! Mas pode se tranqüilizar, meu diário é apenas um entretenimento,  mesmo morando numa grande cidade é bom escrever meus pensamentos.E fique sabendo que donzelas com corações partidos estão fora de meu diário.
 Um pouco constrangida e rindo de si mesma, Sarah simplesmente respondeu:
-         É, bom saber  então! Não se surpreenda com boatos de cidade pequena ,para quem não escreve no diário como nós. Uma boa fofoca é o entretenimento presente.

 Francis retribuiu com um lindo sorriso e assim terminaram a dança.
 Depois Francis dançara com praticamente todas as jovens do baile. Sendo possível perceber que ele era agradável pois todas sempre ficavam rindo. Porém os olhos de Francis e os pensamentos seguiam em uma só direção: Sarah.
 Bárbara dançou com John que não lhe deu a mínima atenção e só olhava para Sarah e Francis. Assim que acabou a dança foi correndo convidar Sarah para dançar. Esta meio constrangida aceitou por educação.John lhe fizera perguntas estranhas.
-         Diga-me estais comprometidas com alguém ?
-         Não.Por que o senhor perguntas isto ?
-         Hã ! Hábito !
-         Que estranho ! Não acha, perguntar as moças se são solteiras ou comprometidas !
-         Perdoe –me  a intromissão ! Devo agora retirar- me.

 Perturbado consigo mesmo, deixou Sarah sozinha no salão, no meio da dança, ao seu socorro veio Francis, que fizera um intervalo das danças para  alimentar-se.

-         Nem reconheço meu amigo, que indelicado deixar uma dama  sem terminar a dança.Concede –me o prazer outra vez ?
-         Sim ! E obrigada!
-         De nada! Como disse é um prazer !

E dançaram novamente, dessa vez uma música mais animada em que ambos se divertiram. O baile foi um grande sucesso todos se divertiram até May . Ela se sentiu gloriosa em seu vestido vermelho. E ficou extremamente radiante quando chegou a sua vez de dançar com Francis.


Capítulo VI


Caminhando até o um lago em  uma pequena trilha,Sarah esperava ficar lá debaixo de sua favorita e aconchegante árvore e ler algum livro, sua atividade predileta. Contudo foi pega de surpresa, quando chegou. Em vez de a lagoa estar vazia como é o habitual, já que fica escondida no meio das florestas, sendo assim, praticamente ninguém conhece esta trilha.
 Mas Francis e John já se encontravam na lagoa.Brincavam animadamente na água. Escondida atrás de uma árvore Sarah não conseguiu controlar a curiosidade de ver Francis. Cada vez que olhava para ele, se surpreendera ainda mais, tamanha era sua beleza.A impressão que tivera quando o vira pela primeira vez, novamente tomou conta de si, seu coração disparava, não conseguia parar olhá-lo.Apesar de Francis, estar com seu amigo, ela só tinha olhos para aquele.A água escorrendo em seu rosto só acentuava mais seus belos traços.Quando ia retornar para casa, desistiu da idéia ao ouvir seu nome citado em alguma conversa trocada entre os dois, decidiu que não haveria mal observar mais alguns minutos.
-         O que achou das donzelas daqui Francis ?
-         Bonitas de fato, mas ei de confessar  que a donzela que mais me chamou a atenção foi Sarah.
-         É, realmente uma moça encantadora. Mas tu sempre me disseste que nunca irias ficar apaixonado !
-         E  continuo a afirmar meu irmão ! Como meu pai dizia e diz ainda,o amor  foi um feitiço criado por bruxas para as mulheres deixarem os homens cegos e fazerem completamente suas vontades. Por isso, simplesmente me divirto com as mulheres. Nunca nenhuma irá colocar algum feitiço em mim, fui feito para o mundo !

 Sarah não quis ouvir mais nada, cada palavra dita por Francis tinha causado uma imensa dor em seu coração. Não queria ficar triste, mas já era tarde demais.O baile lhe dera a esperança  de que ele era o rapaz ideal para ela, que tanto sonhara conhecer um dia.O castelo de expectativas que criara fora cruelmente destruído, Francis se quer acreditava no amor.  Mas agora, tudo está claro, cristalino como água, o que no fundo temia é pura realidade, os boatos sobre a fama de galanteador, estavam certos.A partir desse dia, ela fez uma promessa a si mesma, não permitiria se apaixonar por Francis. Ter este, em sua vida é sinal de incerteza e coração em breve partido. 

9 comentários:

  1. Adorei!!! Escreve super bem .Já curiosa para os próximos caps hahaha

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi flor
    Amei seu blog já estou seguindo segue o meu lá
    Convido você e suas leitoras a dar uma passadinha no blog COM ESTILO esta cheio de novidades!
    http://comestylo.blogspot.com.br/
    BeijiinhoO ^^)

    ResponderExcluir
  3. Opa, ainda não estou acompanhando. Vou pegar os outros capítulos para ler. :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  4. Olá! Adorei seu blog, está super lindo!
    Vou pegar os outros capítulos para acompanhar os posts, hein?
    Parabéns pelo blog..

    Já estou seguindo!

    Beijos,

    Gabriela - http://leitoraonline.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Seu blog é lindo, muito fofo mesmo*0* parabéns!! Já estou te seguindo amada =))

    Convido voce e suas leitoras a conhecer meu blog

    toobege.blogspot.com

    Beijinhoooos ;**

    ResponderExcluir
  6. Conheci seu blog e adorei!

    Estou seguindo-a.

    abraços!

    ResponderExcluir
  7. Olá, obrigada pela visita! Não li os outros capítulos, vou ver e depois volto pra falar o que achei desse. :D

    www.deliriosdegarota.com

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde Luiza (ou Lu/L):

    Me chamo Rodrigo e escrevo de Porto Alegre.
    Encontrei seu blog pela imagem da moça acima... Bacana mesmo!
    Procurava pelo tema A PRINCESINHA; aquele filme famoso da década de 90 - e acabei por tal foto. Até pensei que alguém a tivesse desenhado...
    Vi que és do Rio - também sou; só que resido no sul há tempos. Conhece? Muito bom aqui.
    E estudas engenharia... Qual tipo? Conheci muitas pessoas aí da UERJ.
    É isso.

    Saudações Cariúchas,
    Rodrigo O. Rosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rodrigo! Tudo bem. Fiquei feliz que você tenha encontrado meu blog, inclusive já fiz uma postagem sobre esse filme "A Princesinha" é um verdadeiro clássico que fez parte da minha infância e amo até hoje! E sim, conheço o Sul, já morei em Florianópolis e respondendo a segunda pergunta faço Engenharia Cartográfica. Espero que goste e comente as postagens aqui do blog!
      :)

      Excluir