terça-feira, 8 de outubro de 2019

Livro: Um Sedutor sem Coração - Lisa Kleypas















Sinopse:  Devon Ravenel, o libertino mais maliciosamente charmoso de Londres, acabou de herdar um condado. Só que a nova posição de poder traz muitas responsabilidades indesejadas – e algumas surpresas.A propriedade está afundada em dívidas e as três inocentes irmãs mais novas do antigo conde ainda estão ocupando a casa. Junto com elas vive Kathleen, a bela e jovem viúva, dona de uma inteligência e uma determinação que só se comparam às do próprio Devon.Assim que o conhece, Kathleen percebe que não deve confiar em um cafajeste como ele. Mas a ardente atração que logo nasce entre os dois éimpossível de negar.Ao perceber que está sucumbindo à sedução habilmente orquestrada por Devon, ela se vê diante de um dilema: será que deve entregar o coração ao homem mais perigoso que já conheceu? 

Comentando...

 A autora ,mais uma vez,  consegue construir uma boa história. Nada revolucionário e sim mantendo as típicas tramas contidas em romance de época.

  Com personagens espirituosos desde o protagonista Devon e sua jornada de mudança  a personagens até então secundários como West Ravanels. Uma mocinha que não deixa-se iludir pelo coração mas também não o fecha.


  Lisa em seus romances publicados no Brasil  tem avançado no tempo, visto que mostra trens, encanamento para fornecimento de água quente... Singelas mudanças que faz o leitor perceber a estrutura temporal que delimita o ambiente.


 Certamente ao ler, você irá querer conhecer a famosa loja de departamentos  Winternone`s e ficará curiosa com o misterioso comportamento do dono.


 Kleypas fecha a aventura de Devon e Katheen neste volume. Contudo, soube entrelaçar acontecimentos importantes da tímida Helen. 


 A capa está linda. Daquelas que chamam atenção de modo positivo ao entrar em alguma livraria e garanto que não é só a capa o chamariz para ter esse livro. Para quem gosta deste tipo de leitura, "Um Sedutor Sem Coração" é uma ótima aquisição na estante
.

terça-feira, 10 de setembro de 2019

Livro: Rainha do Ar e da Escuridão - Cassandra Clare

Sinopse: Rainha do Ar e da Escuridão é a conclusão épica para outra grande trilogia do universo de Instrumentos Mortais da autora best-seller Cassandra Clare. Sangue inocente foi derramado nos degraus do Salão do Conselho, e o mundo dos Caçadores de Sombras se encontra à beira de uma guerra civil. Parte da família Blackthorn foge para Los Angeles, em uma tentativa de descobrir a origem da doença que está acabando com os bruxos. Enquanto isso, Julian e Emma tomam medidas desesperadas e embarcam em uma perigosa missão para o Reino das Fadas a fim de recuperar o Volume Negro dos Mortos. O que encontram é um segredo capaz de destruir o Mundo das Sombras e abrir um caminho tenebroso para um futuro que nunca poderiam ter imaginado. Em uma corrida contra o tempo, Emma e Julian devem salvar o mundo dos Caçadores de Sombras antes que o poder mortal da maldição parabatai destrua tudo o que amam.

Comentando...

  Com certeza pode ser descrito como conclusão épica pois que livro maravilhoso. Mais de setecentas páginas e em momento algum a autora "enrola" o leitor, sempre há acontecimentos e informações importantes a cada virar de página. E mesmo quem já está inserido no universo de caçadores de sombras pode se ver com um "nó na cabeça" em certos momentos pois existe uma variedade enorme de personagens secundários com direito a nome e sobrenome; então certas vezes recomendo não preocupar-se com estes detalhes e ir deixando a leitura fluir.

 Cassandra trabalha com muitos núcleos e em um mesmo capítulo o leitor depara-se com diversos focos em determinados grupos de personagens apesar de Julian e Emma serem os protagonistas da trama. 

 Preciso dizer que fiquei absolutamente e irrevogavelmente apaixonada por Emma e Julian. A autora constrói tão fortemente os laços amorosos que você passa a sonhar com um amor tão poderoso assim e nada a menos do que isso.

 Não somente o casal de protagonista capta atenção do leitor mas cada personagem dá seu toque especial na história criada. Dá para matar a saudade dos demais livros da autora e já vislumbrar novas aventuras.

  Ao final do livro, há um capítulo extra na edição de colecionador contudo foi tão curto que queria muito mais. E também há algumas ilustrações que recomendo ver somente no fim da leitura.

A seguir, destaque de alguns trechos singulares da obra:


"Emma ouviu o som familiar de Julian subindo os degraus. Os passos dele eram como uma melodia conhecida desde sempre, tão familiar que quase deixara de ser música." - Página 24

" Era difícil não se sentir sem rumo agora, feito um barco sem atracação na maré. [...]" - Página 97

" O céu era uma estrada e as estrelas formavam trilhas; a lua era uma torre de vigia, um farol que conduzia ao lar." - Página 177

" [...] doía ver as mãos de pintor dele, fortes e articuladas, a escuridão macia de seus cabelos, o arco de cupido de seu lábio, a tonalidade dos olhos.A forma como ele se movimentava, sua graça artística, tudo nele que sussurrava Julian para ela." - Página 459

" As pessoas eram feitas de diversos pedacinhos diferentes, pensou Dru. Partes engraçadas, partes românticas, partes egoístas e partes corajosas.Às vezes você só enxerga algumas.Talvez, quando visse todas, é que percebesse que conhecia alguém muito bem." - Página 475

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Ilustração: Annya Marttinen e Diana Pedott

A postagem de hoje é sobre ilustração. E resolvi apresentar aqui no blog, duas ilustradoras que admiro muito o trabalho.

 A primeira é a canadense Annya Marttinen  (https://www.annyamarttinen.com/). Cuja algumas artes, são vendidas como marcadores de livros e ela costuma a fazer muitas ilustrações representando gatos ou algo relacionado a leitura.


 Já Diana Pedolt (https://www.dianapedott.com/)  é brasileira. Percebe-se em suas obras a delicadeza em cada detalhe. Entre suas ilustrações destaca-se a representação de grandes personagens femininas, por exemplo.

Já conheciam?  Espero que tenham gostado da dica.

domingo, 23 de junho de 2019

Livro: Já disse que te amo? - Estelle Maskane














Sinopse:    Eden Munro foi para a Califórnia aproveitar o sol, as praias e celebridades. Seria um verão maravilhoso se ela não tivesse que conhecer sua nova família, repleta de estranhos: um pai que não vê há três anos, uma madrasta simpática até demais e três irmãos postiços.
Na casa chique, ela vai ter que ficar bem ao lado do quarto de Tyler Bruce, o mais velho dos irmãos. Ele tem olhos verdes que transbordam raiva e sarcasmo, um ego maior que uma mansão de Beverly Hills e cara de poucos amigos. Eden nunca tinha conhecido alguém tão desagradável e tão intrigante.
Aos poucos, Eden tenta entender o que faz de Tyler uma pessoa tão envolvente quanto o clima da Califórnia. Em meio às festas e às novas amizades, ela percebe que está se apaixonando pela única pessoa que não deveria.
Já disse que te amo? é o primeiro livro da trilogia de Estelle Maskame, que teve mais de 4 milhões de acessos no Wattpad.
Comentando...
  Mais um sucesso de acesso do wattpad que trazem para os livros. Assim que vi esse lançamento fiquei com A curiosidade e confesso que talvez tenha criado muitas expectativas em relação a leitura.
 O livro aborda a vida da adolescente Eden Munro que vai passar as férias na nova casa do pai e conhecer seus "irmãos postiços" assim como a madrasta. A relação de Eden com o pai está longe de ser boa visto que ele abandonou sua família. Esse aspecto, acredito que a autora vai abordar ainda mais nos outros livros. 
 Escrito em primeira pessoa tem-se tudo do ponto de vista da protagonista.  Narrativa simples e traz elementos do cotidiano dando aquela sensação de proximidade.
—  [...] e vamos fazer uma maratona de Pretty Little Liars com um balde de frango frito do lado. [...]" - Página 96 

 Adorei poder passar um tempo em Los Angeles, conhecer alguns lugares que a autora cita como o famoso letreiro de Hollywood. Passatempos como sair para fazer as unhas, compras de roupas  em lojas chiques estão garantidos nas férias de Eden.
 Maskane coloca muitas festas, dinheiro, bebidas e assuntos sérios como drogas.
 Para mim como leitora boa parte que me prende na leitura é a chamada química entre os personagens e infelizmente, ao meu ver foi exatamente isso que senti falta. Sabe, aquela torcida para os personagens finalmente ficarem juntos. Deu para perceber a tentativa de colocar o famoso bad boy problemático e a salvadora que apaixonam-se perdidamente. Contudo, por mais explicações da relação dos protagonistas não senti  faísca ou borboleta no estômago. O que foi uma pena.
— [...] Romeu e Julieta não deve nada ao A dama e Vagabundo. Eles são superdiferentes e mesmo assim conseguem ficar juntos. A Dama era toda certinha e o Vagabundo não ligava para nada, mas os dois se apaixonam.Repasso o filme na cabeça e me pego sorrindo. - Sem  contar que a cena do macarrão é um clássico. - Página 92
 A editora fez uma edição impecável mantendo a arte da capa original que está absolutamente linda.  E ainda já apresenta ao leitor as demais capas da trilogia  



terça-feira, 11 de junho de 2019

Assisto ou Desisto: Chesapeake Shores














Sinopse: Abby O'Brien (Meghan Ory) volta para sua cidade natal de Chesapeake Shores, em Maryland, para ajudar sua irmã Jess (Laci J. Mailey) com a pousada Eagle Point. No entanto, além dos negócios não irem bem, o retorno da jovem ao local é marcado por reencontros marcantes e fantasmas do passado.

Comentando...

 Trata-se de um seriado baseado em uma série de livros da autora americana Sherryl Woods.


O seriado está disponível até a terceira temporada na Netflix. Neste ano, contou com mais uma temporada e foi renovado.

 "Chesapeake Shores" tem duração de cerca de quarenta minutos cada episódio. Os primeiros capítulos são mais apresentações dos personagens e não prendem tanto. Contudo, depois você vai gradativamente apegando-se a cada um dos personagens .

  Paradisíaco é a palavra que descreve o cenário da cidade fictícia  (Confesso que desejei muito viver naquele lugar).

 Além, do lindo cenário, há um ótimo elenco e boa trilha sonora ao iniciar pela música de abertura  "Coming home soon" que dá um toque especial. Ainda tem algumas cenas do ator Jesse Metcalfe soltando a voz dando vida ao personagem Trace Riley.

  Quem gostou do seriado "Gilmore Girls" certamente vai adorar esta série, pois diria que é no mesmo estilo. Mostra os dramas familiares de cada membro e se antes era a conhecida família Gilmore, dê uma chance e agora conviva um pouco com  família O'Brien.

terça-feira, 4 de junho de 2019

Livro: Engano irresistível - Vi Keeland















Sinopse: A primeira vez que vi Caine West foi em um bar. Ele notou que eu o estava encarando e deduziu que fosse um flerte. Quando veio falar comigo, coloquei-o na linha, exasperando tudo o que eu pensava sobre ele ser um mentiroso, traidor e egocêntrico. Sabe, aquele delicioso canalha havia levado minha amiga para jantar; depois, foram para cama e ele nem sequer mencionou que era casado. Por isso, merecia cada xingamento que saía da minha boca. Quando terminei, um sorriso preguiçoso se expandiu em seu rosto perfeito em resposta ao meu sermão. Só então percebi que o homem para o qual eu vociferava impropérios não era o cara certo. Ops. Lindo engano. Com vergonha, saí sem me desculpar e achei que nunca mais veria o estranho bonitão na vida, certo? Foi o que pensei… Até chegar à aula na manhã seguinte… Olá, professor West, sou sua nova assistente. Trabalharei diretamente abaixo de você… no sentido figurado. Embora trabalhar debaixo do professor West não fosse uma má ideia… 

Comentando...

 Vi Keeland é best-seller do The New York Times e atualmente muito comentada. Finalmente, tive contato com um livro da autora e pude comprovar seu talento; achei em sua escrita o estilo de Coolen Hoover.

 " Engano irresistível" é um New Adult e o leitor encontrará diversos elementos desse tipo de leitura: Dramas, cenas hots e amor correspondido mas com problemáticas para o casal ficar junto. Clichês? Sim. Entretanto, mesmo com todos elementos comuns e sem surpresas para quem lê muito, o diferencial é a forma simples como o enredo desenvolve-se. Simplicidade esta que de alguma forma teve o poder de tornar os personagens mais reais, principalmente por ser escrito em primeira pessoa porque há contado direto com todos os pensamentos dos protagonistas. Então percebe-se suas inseguranças, traumas do passado e cada um de seus sentimentos.

 Algo especial para mim que foi o ponto de partida para me interessar pelo livro é que fala de música. A protagonista Rachel Martin, está fazendo mestrado cuja a tese é sobre Terapia Musical. Além de citar algumas canções a autora ressalta o valor das músicas na vida de cada pessoa.


— Ok — Pensei por longos instantes.— Porque a música expressa todas as coisas que uma pessoa não consegue dizer, mas fica impossibilitada de se manter em silêncio." - Página 35

Vi Keeland trabalha neste livro outra temática que amo: Destino. Ela também trata de sérios problemas como drogas e abuso. Apresenta  tudo com muita delicadeza sabendo transmitir para as páginas o momento dramático sem perder a fluidez da leitura. A carga dramática é bem balanceada com o intenso romance e toques de humor.

A autora ganhou ainda mais  pontos ao final do livro nos "Agradecimentos" por deixar registrado seu carinho para leitores e blogueiros.

Definitivamente, quem gosta de ler um bom New Adult " Engano irresistível" só não tem como DEVE  estar na lista de leitura.